segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Às Quatro da Tarde


Neste cantinho onde moro, aqui, bem na ponta do barlavento algarvio, a luz do Sol tem uma luminosidade muito especial, principalmente, no Outono. Devo dizer que esta é a minha estação preferida.

Quando regresso a casa, a meio dum dia outonal, sou sempre envolvida pela calma dessa hora especial …..às 4 da tarde….
Vibra dentro de mim uma alegria imensa por estar viva, por poder sentir o sol, por ouvir a passarada que ainda se vai mantendo por cá e numa chilreada constante prepara-se para demandar outras paragens, por saber que um lar me espera e onde dois braços amigos me irão apertar carinhosamente.
Então, calmamente apreciarei o meu chá e lembrarei que…


Num dia de Outono…..

Gosto de caminhar na praia e
sentir a areia entre os dedos dos meus pés descalços
… Naquela hora

Gosto das sombras que o sol projecta no pinhal
…. Naquela hora

Gosto de ouvir os pássaros do jardim e de ver o beijar das borboletas
…. Naquela hora

Gosto de ouvir o silencio do teu descanso
…. Naquela hora

Gosto do borburinho do salão de chá, enquanto espero por ti
…. Naquela hora

Gosto!... Gosto!…., Gosto de ser mulher e sentir o coração bater quando te aproximas.
Cheirar o sal no ar quando sopra o sueste
Naquela hora… e em todas as horas deste belo Outono!

4 comentários:

Judite Pitta disse...

Não há dúvida que as 4 da tarde, é uma hora mágica. Daí terem inventado o anuncio da Coca Cola Light, lembras-te??? Bjinhos, está muito bonita a prosa.
É preciso é continuidade..

Nana Lopes disse...

Que lindo deve ser estar em seu cantinho. Amo o fim de tarde.Bjkas menina!!

Baby disse...

Como eu gosto das coisas que diz, ou escreve, das coisas que saem aí de dentro...é bom ter uma amiga tão especial, tão rica de sentimentos, com tamanha alegria de viver!
Continue sempre assim, feliz e fazendo os outros felizes.
Beijinhos.

risonha disse...

este nosso cantinho é lindo, seja a que horas for... temos a sorte de viver num sítio calmo, sereno e rodeadas dos aromas e cores da natureza.