quinta-feira, 3 de abril de 2008

DOÇURAS



As bocas andaram adocicadas com as amêndoas cobertas com chocolate. Doces, muito doces pois o chocolate quer-se doce mas, também havia aquelas cobertas com chocolate preto (as minhas preferidas) e as recheadas com licor e as pequeninas com miolo de pinhão e mais as outras todas irregulares…

As nossas bocas andaram recheadas de coisas doces.

Votos de Boas Páscoas foram formulados com sorrisos e bocas doces.
Vieram de longe familiares que não víamos há algum tempo. Aventuras foram contadas recheadas com peripécias extraordinárias (creio que algumas inventadas) sempre com alegria, com a graça e a satisfação de quem tem a boca doce.
Viveram-se momentos de felicidade; comeu-se arroz doce e farófias, partiram-se folares com ovos e sem ovos e experimentou-se uma nova receita de cabrito assado.



Foi tempo de alegria e renovação!

Que as nossas bocas continuem doces em palavras e cheias de beijos para distribuirmos por todos em todos os dias.



Sejam Felizes!

4 comentários:

Gerlane disse...

AMÉM! E que saibamos ser doces com palavras e atitudes, pois o mundo tem nos mostrado coisas amargas.

Um bom fim de semana e, beijos!

Espaço do João disse...

Querida Benó.
Não choremos sobre o leite derramado. Façamos todos os dias doces, porque para amargo já basta a vida. Um abraço João.

Graça Pires disse...

De alegria e renovação. Um tempo certo para tentarmos ser felizes. Sê também feliz, amiga Benó.

Um Momento disse...

E um doce beijo eu te sopro:)))))))

Boa semaninha te desejo!

(*)