terça-feira, 13 de maio de 2008

Lobitos

Muitos dos valores morais que nos foram incutidos na nossa infância estão hoje em dia esquecidos e a maior parte das nossas crianças é criada na ignorância de certas regras de boa educação e de respeito pelo próximo.
Os Escuteiros são uma das Associações que ajudam a manter vivos alguns dos bons princípios que aprendemos.
Quando Baden-Powell idealizou a Lei Escoteira, decidiu não estabelecer leis proibitivas, mas conceitos para formação de pessoas benévolas, para que, desta forma, o jovem escoteiro tivesse onde se espelhar e pudesse se orientar. Embora os meus netos tenham em casa disciplina e bons exemplos fiquei bastante satisfeita por saber que o mais velho frequentava um grupo deste Movimento.
Neste domingo houve a festa da Promessa dos Lobitos e foi bonito vê-los, criancinhas, a fazerem o seu Juramento de mãozinha no ar, para através da prática, do trabalho em equipe e da vida ao ar livre, assumirem o seu próprio crescimento, tornarem-se um exemplo de fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade, respeito e disciplina e praticar todos os dias uma boa acção.
Que estes princípios estejam sempre presentes nos jovens e nos menos jovens!

Com imagens tiradas da net.

10 comentários:

Graça Pires disse...

Também concordo que estar nos escuteiros é uma maneira de adquirirem disciplina e valores éticos. Parabéns pelos seus netos.
Um beijo.

EDUARDO disse...

um beijão muito terno te deixo!

paradoxos

Um Momento disse...

Minha Querida Benó...
Ainda não li o teu post mas vou ja ler de seguida:))))
Chegou a minha vez de te mimar:))))
Deixo-te uns miminhos que te oferto de coração e com muito carinho que estão guardados aqui:

http://momentosmimados.blogspot.com/

Um beijo muito grande ...em TI!!!

Muito obrigada por todos osmomentos que comigo tens partilhado

Abraço forte!

(*)

Um Momento disse...

Saudades desse meu tempo de escutismo:)))))))
Os meus sinceros Parabéms ao teu Netinho por ter acedido a seguir esse Movimento
É simplesmente belo ( digo eu na minha forma de pensar)
Já os meus filhos não quizeram ser escuteiros com muita pena minha...
Beijo Grande !!!!

(*)

Palha d'Aço disse...

Lobitos, lobitos,Meninos bonitos.

Alegres, felizes,Queridos petizes.
Mães e Avós,Pais e Avôs.
Orgulho, bem-querençaQue boa sentença!
Faltando a imaginação para acrescentar algo sobre os lobitos - também já falei sobre os nossos meninos no "Tachos, Panelas e Filhos" - deixo apenas uma brincadeira!Beijos gordos para a Benó. Gosto muito dos seus blogues!(Gordos porque são daqueles grandes, em que se sente o calor da bochecha e da amizade!)

Eremit@ disse...

creio que os escuteiros ou escoteiros - creio que há sob as duas formas -são óptimos para passar regras de respeito auto e em relação ao "outro", bem como pela natureza e pelo planeta em geral, bem como normas de conduta e funcionamento democrático em grupo.
De resto, a vida ao ar livre que proporciona é sempre potenciadora de uma vida mais equilibrada e saudável em todos os aspectos.
Minha amiga, esqueceste o desafio do "meme" que te fiz....?
abraço

Benó disse...

Eremita, há realmente as duas versões de escuteiros e escoteiros, embora ambos sigam os mesmos ensinamentos do B.P. Os primeiros- os escutas- estão agregados à igreja católica e os segundos não o estão.
Também já respondi ao meme que coloquei no Jardim -http://piteirasecactos.blogspot.com
As minhas visitas podem lá ir ´vê-lo.
Uma boa semana.

Um Momento disse...

Moinha Querida Benó, é uma réplica de uma Nau Quinhentista que foi construida ( e ainda está em acabamento) em Vila do Conde:))))
Um beijinho e um bom dia!!!

(*)

O Árabe disse...

Concordo, Benó: tive a oportunidade de fazer parte deste grupo, que muito me ensinou! Ah... especialmente lindo o post anterior, amiga! Parabéns!!!

risonha disse...

já passei pelo "Tachos, Panelas e Filhos" e quase que sou capaz de apostar que sei quem são os donos, especialmente pela conversa dos escuteiros....