domingo, 25 de abril de 2010

Homenagem

Ao terminar este domingo que foi cheio de sol e de muitas recordações, transcrevo com o meu sentir, este soneto do grande Ary dos Santos, escrito antes de 1974.

Fecham.se os dedos donde corre a esperança,
Toldam-se os olhos donde corre a vida.
Porquê esperar, porquê, se não se alcança
Mais do que a angústia que nos é devida?

Antes aproveitar a nossa herança
De intenções e palavras proibidas.
Antes rirmos do anjo, cuja lança
Nos expulsa da terra prometida.

Antes sofrer a raiva e o sarcasmo,
Antes o olhar que peca, a mão que rouba,
O gesto que estrangula, a voz que grita.

Antes viver do que morrer no pasmo
Do nada que nos surge e nos devora,
Do monstro que inventámos e nos fita.

8 comentários:

Baby disse...

Parabéns pela escolha deste belo e intenso poema de Ary dos Santos.

É sempre bom recordar a garra com que ele agarrava as palavras.

Beijinhos.

Graça Pires disse...

Como poderemos esquecer o Ary?
Um belíssimo poema. Obrigada pela partilha, amiga Benó.
Um beijo.

Justine disse...

Benó, um grande beijo de Abril/Maio para ti, agradecendo o poema de Ary dos Santos:))

tulipa disse...

É o primeiro 1º de Maio que tenho em casa um "Desempregado" com 62 anos, desde 31 de Julho de 2009...
Não há razões para festejar seja o que for!!!

Acabei de fazer um post sobre o "Dia da Mãe" mas, nada de recordações antigas, pois estou a ser seguida por um psicólogo que me tem ajudado a "cortar" com o meu passado, pois era só sofrimento sempre que "ia ao passado buscar lembranças" e, como perdi a m/Mãe muito cedo, evito voltar a falar no assunto;
a sua memória está muito bem guardada no meu coração, mas falemos de outras coisas...

O meu peito é um autêntico mar de emoções e já apanhei alguns sustos, devo fugir a situações de risco.

Venha buscar um presente que, com todo o meu amor lhe ofereço neste dia especial.

Beijos com carinho.

O Árabe disse...

Belo poema, Benó. Ótima escolha! Boa semana, amiga; fica bem!

Baby disse...

Bom fim de semana Pouca chuva e muita alegria

Baby disse...

De fugida neste princípio de Maio para desejar um bom fim de semana

O Árabe disse...

Boa semana, amiga; fica bem!